Metodologia

logo EcoSaldo
  • A Biocapacidade (BC) e Pegada Ecológica (EF), medidas em hectares globais, são calculados segundo a metodologia do ©Global Footprint Network;
  • O cálculo do EcoSaldo (ES) para cada região (r) é obtido através da ponderação entre BC e EF sendo o resultado uma medida de hectares globais (GH), ou seja:
            rES = rBC-rEF = rGH;
  • Assim sendo valores positivos de ES darão origem a regiões/concelhos ‘credores’ e valores negativos a ‘devedores’;
  • Derivado da metodologia de valoração económica ambiental a adoptar para o projeto, serão fixados para os municípios em estudo, os custos de provisão (PC). Este será um valor médio, por hectare global, em Euros;
  • O valor em rGH do rES deve então ser multiplicado pelo PC, dando origem ao Valor Regional dos Hectares Globais (rvGH). Sendo que rGH × PC = rvGH, reflectindo desta forma um valor monetário, por hectare global, medido em Euros (€);
  • Os valores de rBC, rEF, rES, rGH e rvHG vão ser georreferenciados de acordo com a directiva INSPIRE e introduzidos em base de dados e o tratamento, modelação e representação dos valores será feita com recurso a software GIS (Sistemas de Informação Geográfica) (open source de preferência) e também com recurso ao ©Google Earth;
  • Para cada município serão analisados e avaliados os modelos de Governança Ambiental de forma a avaliar a sua interligação com o EcoSaldo respectivo.
coordenação     concepção do site     parceiros científicos       parceiros institucionais    

Quercus

Quercus
  ESCS    
Cigest

UTAD

Cedoua
  Câmara de Vila Nova de Gaia